• BiuNewsbytePhotoOctober2015a.jpg
  • Campus_Ramat_Gan.jpg
  • DSC00137.jpg
  • DSCN8738.jpg
  • DSCN8753.jpg
  • DSCN8791.jpg
  • Edificio_Jim_Joseph.jpg
  • Estudio_de_Tora.jpg
  • HonorisCausa20151.jpg
  • JULY2018.jpg
  • NB042018.jpg
  • NB042018b.jpg
  • NB0717A.jpg
  • NB092017A.jpg
  • NB092017BES.jpg

Junho, 2013

A Diretoria da Universidade de Bar Ilan aprovou esta tarde de forma unanime a nomeação do Professor Daniel Hershkowitz como o próximo Presidente da Universidade.

O Professor Hershkowitz tomará posse no mês de outubro, inicio do ano acadêmico 2013-2014, em substituição ao Professor Moshe Kaveh, que terminará  seu mandato de 17 anos como Presidente da Universidade.

O Dr. Mordechai D. Katz, Presidente da Diretoria, agradeceu ao Professor Kaveh em nome de todos por sua enorme contribuição ao excepcional desenvolvimento da universidade sob sua direção, bem como aos eloquentes êxitos acadêmicos da universidade que contemplaram a criação de centros multidisciplinares para a pesquisa sobre o cérebro e a nanotecnologia, a Faculdade de Engenharia e a Escola de Medicina da Galileia

Nascido em Haifa, o Professor Hershkowitz, 60, foi Ministro de Ciências e Tecnologia no governo Israelense anterior. Obteve três títulos de matemática no Technion, e completou o serviço militar israelense (1973-1979) no Corpo de Inteligência como Major. Além dos seus êxitos acadêmicos, estudou na Yeshivá de Mercaz Harav em Jerusalém, graduando-se como rabino em 2001.

O Professor Hershkowitz ocupou inúmeros cargos acadêmicos no Technion, incluindo a chefia da Divisão de Educação Continuada e de Estudos Externos, da Faculdade de Organização Acadêmica, Decano da Faculdade de Matemática e  Presidente do Comitê Disciplinar, entre outros. Foi também professor de matemática na Universidade de Wisconsin Madison nos Estados Unidos nos períodos de  1983-1985 e 1988-1989. O Professor Hershkowitz publicou mais de 80 artigos científicos em revistas sobre matemática, sendo convidado a proferir várias palestras ao redor do mundo. Trabalhou em comitês organizadores de muitos congressos científicos. Foi também editor-chefe de dois jornais científicos de álgebra de grande prestigio, além de ser Presidente da Sociedade Internacional de Álgebra Linear no período de 2002 a 2008.

O Professor Hershkowitz  é casado com Shimona Hershkowitz e o casal tem cinco filhos e onze netos.  

  

Maio, 2013

No centro de Nano Tecnologia da Universidade Bar Ilan, opera um Sistema de Análise elementar, por acelerador de íons com  base em um feixe de partículas,  o primeiro desse tipo em Israel.  Existe no mundo somente 50 sistemas como esse. Pesquisadores do mundo acadêmico e usuários da indústria utilizam os recursos desse sistema para pesquisas avançadas.
 
O centro de Nano Tecnologia e de materiais avançados tem pesquisadores de diferentes disciplinas como: química, física e biologia. Esta valiosa conexão criou uma linguagem comum e cooperação entre os pesquisadores e suas disciplinas. O resultado dessa sinergia é uma ciência inovadora.
 
Há cinco meses funciona no centro de Nano Tecnologia da Bar Ilan, um sistema inovador para análise de elementos em três dimensões. No coração do sistema há um acelerador de partículas que reproduz através de campos elétricos e magnéticos, raios de partículas (íons) de alta energia. Partículas penetram no modelo de prova e voltam conforme o material que chega. As partículas contêm informações sobre as características dos elementos na superfície até uma profundidade de 10 micrometros em resolução nanométrica. Os feixes permitem nanômetros exatos de análise (1 nanômetro = 1 milionésima parte de um milímetro) sem danificar os modelos testados.
 
 
A chefa do laboratório, Dra. Olga Girsvic, do Instituto Weizman voltou a Bar Ilan para ser responsável pelo laboratório de nano tecnologia.  A Dra. Girsvic, usa o sistema de análise de dados e treinamento operacional, adquirido, em Case Western Reserve University (CWRU) em Cleveland, Ohio, EUA.
Capacidades únicas do sistema:
 
  • Realizar análise detalhada da composição e da espessura das camadas manométricas na superfície dos modelos a uma profundidade de vários micrometros.
  • Análise de elementos leves, como hidrogênio e deutério.
  • Análise da qualidade dos cristais.
  • Análise de condutores e materiais isolantes iguais.
  • Análise química de elementos grandes, como obras de arte e vestígios arqueológicos Análise de componentes sem alterar o modelo testado
 
O  funcionamento do sistema é muito complexo e caro, exige manutenção constante, mas o futuro da pesquisa baseia-se fundamentalmente na análise sofisticada que este sistema pode realizar, através do qual os pesquisadores conseguem melhorar  materiais avançados que produzem e adapta-los a seus objetivos.
 
A Bar Ilan adquiriu o sistema por USD 1,5 milhões e investe grandes quantias para operar o sistema. 

Maio, 2013

Descoberta Cientíca da Universidade Bar-Ilan 

No verão de 2012 em Israel, foi descoberto, durante escavações em Tel Tzafit (a cidade filistéia de Gath), o Altar filisteu dos Reis de Judá. Estas escavações, foram realizadas por arqueólogos da Universidade Bar Ilan. A descoberta foi considerada o “achado arqueológico do ano” pela revista – Biblical Archaeology Review.

Foi durante as últimas escavações em Tel Tzafit que os escavadores encontraram um altar do século 9 ac. O achado foi motivo de  muita emoção para os pesquisadores, que fizeram escavações cautelosas e precisas, por duas semanas. Após a descoberta, o altar foi levado sigilosamente e de forma muito segura para o laboratório de arqueologia da Universidade Bar Ilan.

Tel Tzafit (Tel A - Safi planícies da Judéia, perto do cruzamento de Ram) é uma das escavações mais antigas, a maior e mais importante de Israel, que resultou em descobertas ricas e únicas que se relacionam e ilustram as descrições bíblicas, como: orações e utensílios de uso diário com figuras e inscrições nas cerâmicas e nas ferramentas. Estes resultados são a prova da prosperidade que existia na cidade filistéia de Gath,  próximo ao local da batalha entre Davi e Golias.

Todos estes tesouros são levados para o laboratório no Departamento de Arqueologia da Universidade Bar Ilan, onde passam por um processo de restauração, reconstrução e análise do grau de significância de cada elemento.

O Prof Aharon Meyer, diretor das escavações em Tel Tzafit nos últimos 15 anos: "Nós, arqueólogos, conseguimos voltar no tempo e ver mais claramente o que era viver no reino de Judá. Como eram as pessoas? Que ferramentas e utensílios usavam? Podemos experimentar a vida de povos e culturas que viveram na Terra de Israel nos tempos antigos. A Arqueologia consegue transformar o texto bíblico, que algumas vezes nos parece tão distante, em um texto cheio de vida e realidades.

O Prof. Meyer considera essas escavações sob uma abordagem única: “Pesquisadores de ciências exatas se unem aos escavadores, e na área de estudo, temos aproximadamente 30 escavadores de diferentes especialidades - geólogos, sismólogos, arqueólogos, botânicos e especialistas de outras disciplinas. Vários métodos de pesquisa, combinados com a escavação  permitem a reconstrução mais exata da relação entre o homem e seu meio ambiente e as mudanças que ocorreram em mais de 6000 anos. As escavações recomeçam anualmente em julho. É nesse período que cerca de 120 alunos chegam do mundo inteiro a Israel e podem participar do dia a dia de uma escavação, dormindo, escavando, participando de conferências e viajens por todo o país – tudo sempre em um ambiente academico.