• BiuNewsbytePhotoOctober2015a.jpg
  • Campus_Ramat_Gan.jpg
  • DSC00137.jpg
  • DSCN8738.jpg
  • DSCN8753.jpg
  • DSCN8791.jpg
  • Edificio_Jim_Joseph.jpg
  • Estudio_de_Tora.jpg
  • HonorisCausa20151.jpg
  • JULY2018.jpg
  • NB042018.jpg
  • NB042018b.jpg
  • NB0717A.jpg
  • NB092017A.jpg
  • NB092017BES.jpg

JULY2018

Noa Yechezkel-Lubin, estudante de pós-graduação em Inteligência Artificial no Departamento de Computação da Universidade Bar-Ilan, está prestes a se tornar a primeira israelense a trabalhar na NASA em uma missão oficial de Israel. Ela trabalhará com os principais pesquisadores em projetos espaciais do futuro e analisará as informações dos mais modernos e inovadores telescópios.

Ela participará de um estudo para encontrar planetas de tamanho semelhante ao da Terra, fora do sistema solar, usando informações de telescópios como o TESS, lançado em abril deste ano no espaço. "A combinação de inteligência artificial com meu conhecimento de espaço me permitirá analisar com mais qualidade as informações e tirar conclusões mais detalhadas", diz Noa.

Paralelamente a seus estudos na Universidade Bar-Ilan, ela trabalha para realizar seu sonho de criar uma empresa emergente que combine inteligência artificial com espaço. Ela também estimula os campos da ciência entre as mulheres e ganhou bolsas de estudo por excelência e participação social do Google, Intel e Apple.

O objetivo de Yehezkel-Lubin é encorajar as mulheres a se voltar para as ciências, integrando-as no projeto "marchando até a lua" - projeto internacional cujo objetivo é alcançar juntos a quantidade de passos necessários para chegar até a lua.

Pin It